Veja se você se identifica: você passa horas lendo e assistindo vídeos de pessoas altamente eficazes, tenta um trilhão de métodos diferentes mas no final acaba voltando ao estado inicial.

O nome disso? Afobação!

Sei disso porque aconteceu comigo. Como eu sempre falo aqui, eu não nasci organizada, eu aprendi a ser. E o começo não foi diferente pra mim, eu tentava colocar as dicas de várias pessoas, aplicar vários métodos, e pouco tempo depois, eu já estava afobada tentando fazer tudo ao mesmo tempo.

E acredite: isso não é produtividade!

Por isso, vão aqui alguns dicas para você moldar conforme a sua rotina e estilo de vida o seu sistema de organização funcional!

 

  • Anote seus compromissos em um só lugar

No começo eu gostava de mesclar agenda online com agenda escrita. Mal eu sabia que esse era o caminho perfeito para a desorganização.

Hoje eu prefiro as agendas online, aquelas que eu consigo abrir tanto no computador quanto no celular. A chance de eu esquecer a agenda física em casa é muito grande, já o celular: sem chance!

Eu indico pra você os apps Google Agenda, Asana ou até mesmo o próprio calendário do celular!

Mas como eu disse: é tudo questão de estilo de vida. Se você prefere agendas físicas, vá em frente! Mas garanta que os seus compromissos estarão concentrados em apenas um lugar!

  • Quais são os seus projetos?

Uma viagem? Ter uma alimentação saudável? Passar em um vestibular?

Eu não sei qual o seu projeto, mas saiba que um plano de ação é essencial para garantir o sucesso dele.

Use checklist, mapa mental, ou até palavras cruzadas, mas tenha anotado o passo a passo do que deve ser feito para que seu objetivo seja alcançado.

Algumas informações que possam ser importantes ter anotadas em seu plano de ação:

  • O que preciso fazer para alcançar esse objetivo?
  • Como vou garantir que ele seja alcançado?
  • Preciso juntar dinheiro para conseguir? Se sim quanto? Quanto vou ter que guardar por mês?

O que posso fazer para agilizar o processo? (Se você for um vestibulando, você pode colocar “estudar aos sábados e domingo de manhã”, se você quer fazer uma viagem, “vender bolo para ter renda extra”)

  • Seja realista com a sua situação

Não adianta colocar como meta fazer uma viagem que não cabe no seu bolso, não adianta você escrever todo um plano de ação para passar no vestibular e não executa-lo.

Eu sempre falo disso aqui no blog: não adianta você ler todos esses posts e não colocar em prática. A mudança que você quer ver na sua vida só depende de você. Ninguém vai fazer o que deve ser feito para chegar ao seu objetivo a não ser você.

E persista! Se está cansado, descanse, mas não desista!

O que acharam das dicas? Se identificam? Me contem nos comentários!

Com amor, Gabi <3